terça-feira, 22 de novembro de 2011

70 filmes para você estudar história – Divirta-se Estudando

70 filmes para você estudar história – Divirta-se Estudando

e mais ... dica para estudar História com aulas interativas

No canal do professor Tiago Menta há aulas que abordam desde a pré-história e o feudalismo até a história recente do Brasil, como Ditadura Militar e Governo Lula.

Já o canal História X Ciência traz vários documentários muito legais que misturam ciência e história e abordam assuntos como rituais astecas, racismo, pandemias e maconha. Este programa traz o debate Criacionismo X Teoria da Evolução de Darwin.

Beijokas

domingo, 20 de novembro de 2011

20 de novembro - Dia Nacional da Consciência Negra

No dia 20 de novembro comemora-se o Dia Nacional da Consciência Negra, em homenagem à morte de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares.
O quilombo era uma localidade situada na Serra da Barriga, onde escravos se refugiavam. Com o passar dos anos, chegou a atingir uma população de vinte mil habitantes, em razão do aumento das fugas dos escravos.
Os escravos serviam para fazer os trabalhos pesados que o homem branco não realizava, eles não tinham condições dignas de vida, eram maltratados, apanhavam, ficavam amarrados dia e noite em troncos, eram castigados, ficavam sem água e sem comida, suas casas eram as senzalas, onde dormiam no chão de terra batida.
Muitas pessoas eram contra essa forma de tratar os negros e várias tentativas aconteceram ao longo da história para defender seus direitos. Em 1871 a Lei do Ventre Livre libertou os filhos de escravos que ainda iriam nascer; em 1885 a Lei dos Sexagenários deu direito à liberdade aos escravos com mais de sessenta anos.
Mas Princesa Isabel foi a responsável pela libertação dos escravos, quando assinou a Lei Áurea, em 13 de maio de 1888, dando-os direito de ir embora das fazendas em que trabalhavam ou de continuar morando com seus patrões, como empregados e não mais como escravos.
O dia da consciência negra é uma forma de lembrar o sofrimento dos negros ao longo da história, desde a época da colonização do Brasil, tentando garantir seus direitos sociais.
Hoje temos várias leis que defendem esses direitos, como a de cotas nas universidades, pois acredita-se que, em razão dos negros terem sido marginalizados após o período de escravidão, não conseguiram conquistar os mesmos espaços de trabalho que o homem branco.
Na época da escravidão os negros não tinham direito ao estudo ou a aprender outros tipos de trabalho que não fossem os braçais, ficando presos a esse tipo de tarefa.
Muitos deles, estando libertos, continuaram na mesma vida por não terem condições de se sustentar.
O dia da consciência negra é marcado pela luta contra o preconceito racial, contra a inferioridade da classe perante a sociedade. Além desses assuntos, enfatizam sobre o respeito enquanto pessoas humanas, além de discutir e trabalhar para conscientizar as pessoas da importância da raça negra e de sua cultura na formação do povo brasileiro e da cultura do nosso país.


quinta-feira, 17 de novembro de 2011

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Dia 11 do 11 de 2011 as 11h11min ???? Essa coincidência de relógio e calendário acontece uma vez a cada 100 anos!

Os numerólogos esperam com ansiedade esta sexta-feira, 11 de novembro de 2011. Quando faltar 49 minutos para o meio dia, o relógio marcará 11H11 do 11/11/11, um raro número que, para os adeptos das ciências ocultas, pode indicar a ocorrência de eventos incomuns.
Para a maioria das pessoas é apenas uma coincidência de relógio e calendário que acontece uma vez a cada 100 anos, mas numerólogos e esotéricos procuram sinais do que isto pode significar.
Alguns acreditam no início de um humanismo renovado, de uma nova harmonia no mundo, a abertura de um portal para outra dimensão ou até, uma revolução da consciência...
Quer saber mais? Continue lendo aqui

Não são flores, são pessoas! Lindo!

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Alunos do 6º ano do CECMG e Padre de Man postem suas tarefas sobre as 7 Maravilhas do mundo antigo e do mundo atual aqui! Beijos

Como estrelas na Terra! Toda criança é especial!


Queridos amigos educadores,

Hoje eu ganhei o meu dia assistindo ao filme "Como estrelas na Terra! Toda criança é especial!"
Lindo, lindo... me sensibilizei muito!
Já tive vários alunos com dislexia e sei como é díficil para eles acompanharem tantas matérias, disciplinas, letras e números!

Sugiro que assistam ao filme e se encantem, se renovem na arte de educar... que é única e que sempre esta se renovando como as folhas de uma árvore!

Beijo grande.

Sinopse
Taare Zameen Par – filme da produção de Bollywood – conta a história de uma criança que sofre com dislexia e custa a ser compreendida. Ishaan Awasthi, de 9 anos, já repetiu uma vez o terceiro período (no sistema educacional indiano) e corre o risco de repetir de novo. As letras dançam em sua frente, como diz, e não consegue acompanhar as aulas nem focar sua atenção. Seu pai acredita apenas na hipótese de falta de disciplina e trata Ishaan com muita rudez e falta de sensibilidade. Após serem chamados na escola para falar com a diretora, o pai do garoto decide levá-lo a um internato, sem que a mãe possa dar opinião alguma. Tal atitude só faz regredir em Ishaan a vontade de aprender e de ser uma criança. Ele visivelmente entra em depressão, sentindo falta da mãe, do irmão mais velho, da vida… e a filosofia do internato é a de disciplinar cavalos selvagens. Inesperadamente, um professor substituto de artes entra em cena e logo percebe que algo de errado estava pairando sobre Ishaan. Não demorou para que o diagnóstico de dislexia ficasse claro para ele, o que o leva a por em prática um ambicioso plano de resgatar aquele garoto que havia perdido sua réstia de luz e vontade de viver. O filme é uma obra prima do até então ator e produtor Aamir Khan.

Dados técnicos:
Titulo Original: Taare Zameen Par – Every Child is Special

Título Traduzido: Como Estrelas Na Terra-Toda Criança É Especial
Gênero: Drama
Duração: 2h42min
Diretor: Aamir Khan
Ano de Lançamento: 2007



Resenha e comentárioshttp://www.recantodasletras.com.br/cronicas/2812022

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Dia 3 de novembro é comemorado o dia do cabeleireiro.

Dia 3 de novembro é comemorado o dia do cabeleireiro. Eles quem tem como missão transformar o sonho da mulher em realidade fazendo com que muitas que vão ao salão saiam de lá com a auto–estima elevada.

Foi no Egito, há aproximadamente cinco mil anos, que a arte de cuidar dos cabelos chegou ao seu ápice. Foi nessa época que surgiram perucas sofisticadas, as quais mostravam a habilidade dos cabeleireiros, que usufruíam de grande prestígio na corte dos faraós. Porém, foram os gregos que criaram os primeiros salões de cabeleireiro (koureia), em Atenas, construídos em praça pública. Os kosmetes ou "embelezadores de cabelo", escravos especiais, eram afamados e muito procurados.

Nos dias de hoje, com a ajuda da tecnologia, os cuidados com os cabelos se tornaram acessíveis e essências para a vida das mulheres. E ninguém melhor do que os profissionais da área para trazer novas técnicas e deixar as mulheres cada vez mais satisfeitas.

O ofício é visto de diferentes formas visando sempre melhorar a vida das pessoas e por isso os profissionais se empenham em estar sempre por dentro das últimas tendências, respeitando a personalidade de cada cliente, para agradar e fazer com que se sintam realizadas.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Dia dos mortos no México é dia de comemoração e festa!

Leia um pouquinho mais sobre esta cultura tão diferente da nossa... aproveite para perceber que cada pessoa, de acordo com a sua cultura, tem uma visão diferente das mesmas situações.
E lembre-se não existe errado ou certo, cultura melhor ou pior, as culturas são diferentes!


No México, o Dia dos Mortos é uma celebração de origem indígena, que honra os defuntos no dia 2 de novembro. Começa no dia 1 de novembro e coincide com as tradições católicas do Dia dos Fiéis Defuntos e o Dia de Todos os Santos. Além do México, também é celebrada em outros países da América Central e em algumas regiões dos Estados Unidos, onde a população mexicana é grande. A UNESCO declarou-a como Patrimônio da Humanidade.
As origens da celebração no México são anteriores à chegada dos espanhóis. Há relatos que osastecasmaiaspurépechasnáuatles e totonacas praticavam este culto. Os rituais que celebram a vida dos ancestrais se realizavam nestas civilizações pelo menos há três mil anos. Na era pré-hispânica era comum a prática de conservar os crânios como troféus, e mostrá-los durante os rituais que celebravam a morte e o renascimento.
O festival que se tornou o Dia dos Mortos era comemorado no nono mês do calendário solar asteca, por volta do início de agosto, e era celebrado por um mês completo. As festividades eram presididas pela deusa Mictecacíhuatl, conhecida como a "Dama da Morte" (do espanhol: Dama de la Muerte) - atualmente relacionada à La Catrina, personagem de José Guadalupe Posada - e esposa de Mictlantecuhtli, senhor do reino dos mortos. As festividades eram dedicadas às crianças e aos parentes falecidos.
É uma das festas mexicanas mais animadas, pois, segundo dizem, os mortos vêm visitar seus parentes. Ela é festejada com comida, bolos, festa, música e doces preferidos dos mortos, os preferidos das crianças são as caveirinhas de açúcar.